artigo recomendado


Sergio Simoni Junior, Rafael Moreira Dardaque, Lucas Malta Mingardi. A elite parlamentar brasileira de 1995 a 2010: até que ponto vai a popularização da classe política? Colombia Internacional, n. 87, p. 109-143, maio-ago. 2016 .
O objetivo deste artigo é debater a tese da popularização do perfil social dos parlamentares brasileiros buscando ressaltar que a literatura, ao ignorar a assimetria de poder institucional entre os legisladores, pode apresentar um viés no seu diagnóstico sobre as características da representação política no Brasil.
__________________________________________________________________________________

10 de março de 2012

análise de políticas públicas (mestrado e doutorado em políticas públicas - ufpr)

[Marcel Breuer, Bureau S285]

Código: PPU702/ Disciplina: ANÁLISE DE POLÍTICAS PÚBLICAS
ADRIANO CODATO (adriano@ufpr.br) e ALEXSANDRO EUGENIO PEREIRA (alexsep@uol.com.br)
Semestre/Ano: 1 / 2012 ; Tipo: Obrigatória
Carga Horária Total: 60 h.
Segundas-feiras, 14h. e 30min. – 18h.

EMENTA
Ementa: O objetivo dessa disciplina é fornecer ao aluno contato com as principais perspectivas teóricas da Ciência Política para o estudo das políticas públicas: neo-marxismo, neo-institucionalismo, teoria da escolha racional, o debate pluralismo/neo-elitismo, abordagens cognitivas. Pretende-se também analisar o desenvolvimento de políticas públicas setoriais em perspectiva comparada.

clique aqui para abrir ou baixar o programa do curso

AVALIAÇÃO
O curso está organizado com base em aulas expositivas, seminários (2 por estudante) e comentários de textos (14 comentários no total).
A cada sessão haverá no mínimo três seminários. Esses seminários serão apresentados por estudantes previamente indicados e serão destacados mais dois alunos como debatedores. Todos os estudantes devem enviar, ANTES DA AULA INDICADA, por e-mail, questões e comentários sobre os textos indicados como referência obrigatória no programa para o grupo de discussão do curso polpub2012@googlegroups.com. Todos os apresentadores e os debatedores deverão entregar, após o seminário, um relatório sobre a atividade. A participação em aula também será computada para a avaliação.
Em função do público muito heterogêneo da pós-graduação, a cada sessão estão indicados dois textos obrigatórios. Um bastante fundamental; outro de leitura mais avançada.

4 comentários:

Matheus disse...

Passando para conhecer o blog, muito bom!!!

Matheus disse...

Parabéns pelo trabalho!!

http://www.infoenem.com.br disse...

Muito bom!!

Anônimo disse...

Censo científico humano. É muito bom vislummbra disto para quem habita o coronelismo sob forma de falsa elite que nos obriga a limpar chão. Aqui posso vislumbrar tetos.

Pr. Hadarane.